ANÁLISE DO DESEMPENHO DE WETLANDS VERTICAIS DESCENDENTES PARA TRATAMENTO DE ESGOTO DOMÉSTICOS

Patricia da Silva Florentino, Marcela Duarte de Oliveira, Thiago Emanuel P. F. Nascimento

Resumo


A população mundial tem aumentado consideravelmente, e consequentemente a utilização de recursos naturais como a água doce. A mesma contabiliza apenas 3% de toda a água do planeta, e está cada vez mais escassa e poluída. A falta de saneamento básico e a inviabilidade de instalação de redes coletoras em algumas áreas é um dos principais fatores que contribuem para esse problema ambiental, pois a sociedade tem se utilizado desse recurso para realizar o descarte de resíduos domésticos ou industriais, gerando alterações nesses corpos hídricos, o que é altamente prejudicial para a população humana e demais comunidades de seres vivos aquáticos.  Diante desse problema umas das alternativas que podem ser utilizadas é a construção de sistemas individuais de tratamento de esgoto, tais como as wetlandsconstruídas. As wetlands são ecossistemas artificiais que utilizam processos físicos, químicos e biológicos, por meio de fatores como substrato em parceria com microrganismos e macrófitas. Esse tipo de sistema é vantajoso de se empregar, pois ele possui uma melhor ciclagem de nutrientes, baixa produção de resíduos, como o lodo, tendo utilidade paisagística, além de baixo custo de implantação. Diante disso, a pesquisa teve como objetivo analisar e estudar fatores físico-químicos em wetlands construídas com o intuito de verificar a eficiência de um sistema de wetlands para o tratamento de esgoto bruto.

Palavras-chave


Wetlands, Esgoto doméstico, Saneamento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.