ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: INCLUSÃO OU EXCLUSAO?

Cristiane Cardoso da Silva, Rosilene Lagassi, Daiane Garcia Gilo, Priscila Barroso dos Santos Couto, Eunice Batista Aguiar

Resumo


A presente pesquisa discorre sobre estudo realizado em uma escola pública Estadual de Ensino Fundamental no Município de Cacoal em que atende alunos com deficiências frequentando as salas regulares e de Recursos Multifuncionais. O objetivo foi verificar se as práticas da sala do Atendimento Educacional Especializado (AEE) contribuem para inclusão do aluno com Necessidades Educativas Especiais (NEEs). Assim, na sala regular observamos e descrevemos como a professora do ensino regular atende esse aluno em suas especificidades e a contribuição, ou não, das salas do AEE na inclusão do aluno com deficiência na sala regular e apresentando reflexões sobre o tema supracitado. Diante dessa temática questionamos: será que a sala do Atendimento Educacional Especializado é um recurso que favorece a inclusão do aluno com deficiência na sala regular?


Texto completo:

PDF

Referências


Disponível em: . Acesso em: 20 de julho de 2017.

Disponível em: http://www.ufrrj.br/graduacao/prodocencia/publicacoes/tecnologia-assistiva/Curso

Disponível em: . Acesso em: 23 de julho de 2017.

MANTOAN. Maria Tereza Egler. O desafio das diferenças nas escolas. 4º ed. Pétropolis, RJ: Vozes, 2011.

Disponível em: . Acesso em: 25 de agosto de 2017.


Apontamentos