A CONCEITUAÇÃO DE AARON BECK REVISADA EM PUBLICAÇÕES SOBRE BULIMIA E ANOREXIA

Ricardo Alexandre Aneas Botta, Jéssica Lays Ferreira Ribeiro, Liandra Hévilla Alves da Rocha da Rocha

Resumo


A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é um tratamento com ênfase no processamento de informação. George Kelly ilustra o processamento de informação da seguinte maneira: “O homem vê o mundo através de padrões e modelos transparentes, que ele mesmo cria e então tenta encaixar sobre as realidades das quais o mundo é composto (...) há maneiras de interpretar o mundo” (Kelly, 1955, p. 8-9),Os fatores cognitivos são as emoções, pensamentos, comportamentos e mudanças fisiológicas.  A TCC parte do pressuposto que a cognição possui três pilares, a tríade cognitiva. A tríade cognitiva é o principal conjunto de estruturas com significações. E se referem ao self, ao outro e ao mundo. 

A teoria cognitivo-comportamental proporciona base para o modelo psicoterápico baseado em evidências, além disso, a abordagem agrupa a teria da psicopatologia e a teoria da personalidade. (SILVA, 2014, p.167)

Por ter foco na falha no processamento de informações e por reunir estratégias e técnicas terapêuticas que se destinam à realização de metas objetivas, a TCC é aplicável ao tratamento de transtornos alimentares.

A Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde – CID-10 categoriza no código F50.0 a anorexia nervosa como sendo é um transtorno descrito pela perda de peso voluntária, impulsionada e mantida pelo paciente. Por medo de engordar, o paciente impõe um ideal de baixo peso para si. E no código F50.2, o CID-10 classifica a bulimia nervosa como uma síndrome evidenciada por hiperfagia recorrente e temor excessivo em relação ao controle do peso corporal acarretando uma oscilação entre a hiperfagia e vômitos ou uso de purgativos.

O objetivo deste texto é investigar em artigos referentes aos transtornos alimentares se a conceituação utilizada por Aaron Beck é devidamente utilizada.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.