IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA: BRASIL X SUÉCIA NO CENÁRIO DA CORRUPÇÃO POLÍTICA

Marta da Costa Pereira

Resumo


Este artigo científico tratará da improbidade administrativa, sendo importante destacar que probidade e probo surge do latim probus, que se define como aquilo que é justo, honesto, leal. No dicionário brasileiro se apresenta como um comportamento ético e íntegro, de modo que em sentido contrário ímprobo é aquele age de maneira desleal, que falta com ética e integridade.

Assim, na administração púbica ocorre a improbidade administrativa nos atos daqueles que age com descaso e deslealdade ao contato com os bens e poderes, a relação entre o res pública o múnus público, ou seja, no trato e ao zelo com aquilo que pertence ao povo. Não importando se o agente pertence à Administração Direta ou Indireta, ou ainda, se somente age em colaboração com o Estado.

Nesse contexto, o objeto de estudo foca-se na análise do artigo 37, §4º, da Constituição Federal de 1988, onde prevê expressamente sobre o combate aos atos de improbidade administrativa, bem como um sucinto estudo da lei nº 8.429/1982, relacionando a incidência de corrupção no Brasil e na Suécia.

 


Palavras-chave


Improbidade Administrativa

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992. Lei de Improbidade Administrativa. Disponível em: . Acesso em: 16 de ago. 2017.

BRASIL. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988. Disponível em: . Acesso em: 16 de ago. 2017.

WALLIN, Claudia. Um País Sem Excelências e Mordomias. São Paulo: Geração Editorial, 2014.

ALEXANDRINO, Marcelo. PAULO, Vicente. Resumo de Direito Administrativo Descomplicado. 23º ed. São Paulo: Método, 2015.

WALLIN, Cláudia. O Caos Político Brasileiro Visto Por Um Líder Sueco. Disponível em: . Acesso em: 16 de ago. 2017.

Transparency International Secretariat. Índice de Percepção da Corrupção 2016: Círculo Vicioso de Corrupção e Desigualdade Deve Ser Rompido. Disponível em: < https://www.transparency.org/news/pressrelease/indice_de_percepcaeo_da_corrupcaeo_2016_circulo_vicioso_de_corrupcaeo>. Acesso em: 16 de ago. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.