ALGEBRA LINEAR E SUA UTILIZAÇÃO NA PROGRAMAÇÃO DE SOFTWARES PARA CONTROLE DE TRÁFEGO

Michael Night Delfino, Guilherme Barcelos, Machiny Tetzlaff, Sirlei Quevedo Da Silva

Resumo


Na disciplina de engenharia do trafego temos como foco as interações entre os veículos pedestres e infraestrutura local, da qual o objetivo maior é a organização do meio promovendo maior eficiência na movimentação e o mínimo de congestionamentos, nesse contexto temos a inserção do semáforo, um dispositivo de controle de tráfego, que, através de indicações luminosas alterna o direito de passagem de veículos e/ou pedestres em interseções de duas ou mais vias. Entretanto, quando se opta por esse método para controle é necessária uma análise aprofundada sobre as variáveis que influenciam o bom funcionamento do mesmo: A capacidade da via, o fluxo de veículos, os tempos dos sinais, os tempos de veículos parados, etc. Quando se tem um problema com muitas variáveis pode-se simplifica-lo através do método de equações lineares. O objetivo dessa palestra é mostrar que o paralelo entre álgebra linear e o sistema de controle de tráfego do semáforo, para modelar situações ótimas de fluxo e saturação em intersecções de vias, é o mais indicado, e, a partir dessa premissa desenvolver um software para facilitar a inserção e analises de dados relacionados a problemas semelhantes. Utilizando uma via modelo para o estudo que proveu dados para análise de fluxo de veículos e pedestres e dados sobre a infraestrutura da mesma de maneira que permitiu a utilização de álgebra linear para identificar as variáveis envolvidas no fenômeno. Em seguida, estabeleceu-se o modelo matemático utilizando matrizes que descrevam o problema de maneira que o software possa dar como saída e apresentar esses dados tornando assim a compreensão e resolução dos problemas mais facilmente alcançada por ser mais lúdica sua manipulação.

Palavras-chave


engenharia de trafego, semaforo, algebra linear

Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. Departamento de Nacional Trânsito. Manual de Semáforos. 2 ed,. Brasília, DENATRAN, 1984. 172 p,.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.