ESTUDO DA VIABILIDADE ECONÔMICA PARA IMPLANTAÇÃO DE UMA FÁBRICA DE TIJOLOS DE SOLO DE CIMENTO NO MUNICÍPIO DE CACOAL – RO.

Dhaiana Gonçalves, Catiele Lopes Becalli, Paulo Henrique Bezerra de Carvalho, Rodrigo Akiyama da Silva, Idmar França de Carvalho, Gustavo Costa Reis, Eliseu Adilson Sandri

Resumo


O emprego do solo-cimento em habitações no Brasil foi iniciado em 1948, com a construção das casas do Vale Florido, na Fazenda Inglesa em Petrópolis, Rio de Janeiro.  Desde 1930 eram feitas experiências com solo-cimento no país. No final da década de 50, a mistura de solo e cimento estava totalmente aprovada no Brasil, passando a ser difundida como nova alternativa para baratear construções. A construção civil é uma atividade geradora de grandes volumes de resíduos, tendo como consequência enormes desperdícios de materiais nobres, como areia, pedra, madeira e cimento, entre outros. Pode também vir a se tornar um sério problema ambiental, sobretudo pela atual escassez de locais para a deposição deste grande volume de materiais, em geral, rejeitado nas construções. Os profissionais preocupados com os recursos naturais finitos procuram com interesse materiais e técnicas construtivas que minimizem os impactos ambientais ocasionados pela construção, da extração da matéria prima para o fabrico de materiais até os últimos acabamentos da obra arquitetônica. É indiscutível a importância da busca por arquiteturas mais sustentáveis, o crescimento da população e de suas atividades tem gerado há séculos grandes problemas contra o meio ambiente, maiores do que a capacidade de solução dos mesmos. Neste trabalho foi apresentado o estudo de viabilidade econômica de implantação de uma fábrica de tijolos confeccionados com a mistura solo-cimento com o objetivo de determinar a sua magnitude em função das características do solo e da dosagem de resíduos sólidos recicláveis. Para tanto, avaliou-se as variáveis: planejamento estratégico, organização de sistemas e métodos, planejamento orçamentário, logística de suprimentos e distribuição, viabilidade econômica, gestão de recursos humanos e gestão de marketing. Os resultados experimentais comprovaram a eficiência e o elevado potencial de utilização, tornando o tijolo de solo-cimento-resíduos, um promissor concorrente dos tijolos convencionais. Nesse sentido, a empresa objetivou-se no estudo experimental de tijolos confeccionados com a mistura solo-cimento e resíduos sólidos da construção civil e na dosagem desta mistura, levou-se em consideração resultados obtidos em estudos já desenvolvidos, e a viabilidade de sua execução, considerando o atual cenário brasileiro foi bastante positiva em sua relação: custo, efetividade e desenvolvimento sustentável. A construção civil tem um impacto significativo sobre o meio ambiente e recursos naturais e a utilização de técnicas alternativas com baixo impacto ambiental vem aumentando e ganhando força do mercado da construção civil. Portanto, pode-se concluir neste trabalho, que uma empresa deste ramo em Cacoal, seria de grande importância no que se refere à inovação de nova técnica construtiva, com as evoluções tecnológicas e com a diminuição da degradação do meio ambiente, aumentando a resistência das construções e diminuindo custos.


Palavras-chave


Tijolos de Solo de Cimento. Viabilidade econômica. Construção civil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.