HABILIDADES SOCIAIS COM A EQUIPE DE ENFERMAGEM DA CLINICA TRS-CENTRO DE DIALISE DE CACOAL/RO.

Ricardo Alexandre Aneas Botta, Patrícia Costa

Resumo


O presente trabalho apresenta a pesquisa que teve o objetivo de oferecer um treino de habilidades sociais para uma  a equipe de enfermagem da Clínica TRS – Centro de Dialise de Cacoal – ME.

Com os avanços tecnológicos e a globalização da economia, observar-se um número maior de individualismo e consumismo que acaba gerando relações sociais egocêntricas e, sendo assim, conflitos interpessoais e déficits em certas classes de habilidades sociais. (Del Prette. & Del Prette,1999).

A maior parte das habilidades sociais não é desenvolvida ao longo do ensino formal (técnico ou acadêmico), mas podem ser adquiridas por treinamento sistemático em contextos estruturados e por meio de estratégias grupais bem conduzidas e a capacidade humana de conviver socialmente e as estratégias utilizadas na relação com os outros são denominadas desempenho social. (Del Prette & Del Prette, 1999, 2001).

A habilidade social é o conjunto dos desempenhos demonstrados pelo indivíduo diante de uma situação interpessoal, iniciado em ambiente familiar e escolar. Ao contrário, os déficits de habilidades sociais estão associados a dificuldades e conflitos nas relações interpessoais e alterações psicológicas, como problemas conjugais, isolamento, desajustamento escolar, suicídio, além de síndromes clínicas como a depressão e a esquizofrenia (Del Prette & Del Prette, 1999, 2001).

Os profissionais da área da saúde atuantes no campo hospitalar têm responsabilidade serem envolvidos no campo de humanização, os funcionários atuantes em áreas de alta complexidade acabam por serem afetados por níveis altos de estresse, cansaço físico e emocional, causando entre os mesmo uma dificuldade de diálogo. As habilidades sociais têm sido consideradas, um fator que contribui para a prevenção de comportamentos problemáticos (Del Prette & Del Prette, 2005), incluindo as habilidades de solução de problemas interpessoais (Elias & Marturano, 2004).

Ter habilidades melhoram a comunicação interpessoal, incluindo a capacidade de resolver conflitos interpessoais ou problemas interpessoais, prevenindo a ocorrência de comportamentos problemáticos ou antissociais (Elias & Marturano, 2004).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.