ÓPTICA ACERCA DA PSICOPATIA NO DIREITO

Vanessa Corrêa Brambila, Camila Moura Gomes, Hingridy Kalauro de Abreu, Salete Maciel da Silva

Resumo


Vários são os comportamentos observados pelo Direito Penal que definem a psicopatia. Dessa forma, o Direito Penal busca compreender os motivos morais e os estímulos que levam uma pessoa a cometer um crime, por meios agressivos e cruéis, merecedores de punição. É evidente que o comportamento do psicopata não o isenta de compreender a extensão de seu ato criminoso praticado, uma vez tendo a suficiência de abstrair sua indevida conduta. 

Palavras-chave


Psicopatia; Psicopata; Punibilidade

Texto completo:

PDF

Referências


HENRIQUES, Rogério Paes. De H. Cleckley ao DSM-IV-TR: a evolução do conceito de psicopatia rumo à medicalização da delinquência. Rev. latinoam. psicopatol. fundam. 2009, vol.12, n.2, pp. 285-302.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.